Defender e preservar o parque do Gogo é missão de todos

    | Cliques: 205
  • Defender e preservar o parque do Gogo é missão de todos

    Câmara de Mariana cumpre seu papel

    Parabéns Vereador Tenente Freitas

    O nome Gogo vem dos ingleses que compraram a região em 1823, ampliando assim sua área de mineração, local era chamado de Mina de João Vamos Vamos, parte de baixo ficou com o Vamos Vamos , mas na área ocupado pelos ingleses eles traduziram para “go go” . Nos cento e vinte anos que os ingleses ficaram em Mariana a modernização do processo de extração de ouro das Minas foi feito, porém no Gogo e no Morro Santo Antônio ficaram explorando com as antigas técnicas trazidas pelos escravos da Costa da Mina, minas pequenas e de teto afunilado. Isso preservou a forma que a mineração se deu desde o incio da exploração quando eramos colônia Portugal.

    Tanques, ruas, casas, regos cavados na rocha, ao visitar o parque do Gogo, que engloba Morro Santana e Morro Santo Antônio em Passagem, vemos essa preocupação com a água, pois sem água não tem ouro ! È usada no processo de mineração.

    E toda essa história segue ignorada, assim com a Igreja Santana do Morro que veio para ser recosntruída e está há dez anos guardada. Afloram-se também invasões nas bordas do parque e pessoas que fazem garimpos clandestinos, o IPHAN já expulsou um garimpo que queria reativar uma antiga Mina. Pessoas sem conhecimento acreditam que ainda existe ouro, e que os antigos mineradores iriam abandonar uma mina que tivesse ouro. Outro fato é a falta de continuidade de politica cultural para promover e gerir o parque pois na Secretaria de Cultura de Mariana não funcionário efetivo, ou seja, troca o Governo troca todo  mundo, assim fica difícil dar continuidade a qualquer projeto.

    Parabéns para a Câmara de Mariana, para o vereador Tenente Freitas por capinear essa discussão, já pela quarta vez, agora em audiência pública.