Prefeitura de Catas Altas instala mais de 200 câmeras de segurança nos prédios públicos

    | Cliques: 110
  • Prefeitura de Catas Altas instala mais de 200 câmeras de segurança nos prédios públicos

    A Prefeitura de Catas Altas deu mais um passo em prol da segurança no município. Desde o começo de fevereiro, todos os prédios públicos, incluindo secretarias, escolas, postos de saúde, estações de tratamento de água e esgoto, usina de triagem, garagem e Centro de Referência Social (Cras), tanto da sede quanto do distrito do Morro D’Água Quente, estão sendo monitorados 24 horas por dia através de alarmes, câmeras de segurança e serviço de ronda motorizado.

     “Neste primeiro momento, priorizamos os locais que possuem bens de valor. Mas, apesar disso, como os equipamentos também estão do lado de fora dos espaços, a vigilância também acaba acontecendo nas ruas e nas casas do entorno, garantindo mais segurança para os moradores”, explica o secretário de Serviços Urbanos, Obras e Vias Públicas, Sidiney Parreira.

     Ao todo, foram instalados 282 sensores de alarme na parte interna dos prédios e 214 câmeras externas e áreas comuns. Todos os equipamentos são de última geração com infravermelho para melhor visualização tanto durante o dia quanto à noite.

     O monitoramento está sendo feito 24 horas por dia por uma central localizada em Belo Horizonte. Em caso de alarme, um funcionário da empresa que fica no município é enviado ao local para verificação. Se for constatado arrombamento, crime ou alguma situação estranha, a polícia é acionada.

     Ronda motorizada – para completar o sistema de monitoramento eletrônico, também foi implantado o serviço de ronda motorizado, que funciona durante a semana após o expediente e, aos finais de semana, feriados e pontos facultativos, 24 horas.

     “A medida visa garantir mais segurança e evitar pequenos delitos como os que estavam ocorrendo com certa frequência, causando prejuízo aos cofres públicos. Vínhamos registrando roubos de peças de veículos, combustível e outros bens e até atos de vandalismo que estavam prejudicando o bom funcionamento dos serviços em diversos setores”, completa o prefeito José Alves Parreira.

     Plano Plurianual – O sistema de monitoramento eletrônico dos prédios públicos foi o terceiro projeto mais votado pela população durante a elaboração do Plano Plurianual.

     Além dele, a construção do Centro Educacional Agnes Pereira Machado; a modernização e ampliação das redes pluvial, água e esgoto do bairro Vista Alegre; a construção de poços artesianos na área rural; e a construção de pontes nas localidades de Vinhateira e Japonês e restauração da Ponte dos Perdões também foram escolhidos para compor o PPA para os próximos quatro anos.