h

    Santo Antônio do Salto será a referência da culinária típica em agosto

    | Cliques: 302
  • Santo Antônio do Salto será a referência da culinária típica em agosto

    Consolidado como um dos mais deliciosos eventos de Ouro Preto, o “17º Festival de Cultura e Culinária Típica” mostra as belezas e as tradições de do distrito.

    No próximo dia 18 de agosto, domingo, Ouro Preto vai congregar beleza e tradição cultural
    com o “XVII Festival de Cultura e Culinária Típica de Santo Antônio do Salto, um dos distritos
    cuja paisagem é uma das mais belas do Município.

    Consagrado como o primeiro festival desta natureza em Ouro Preto, o grupo de quituteiras do
    Salto organiza toda a festa, que vai contar com o concurso de comida de barraca, shows,
    apresentação do Congado local, da Sociedade Musical 13 de Junho e da tradicional Charola de
    Nossos Senhor dos Passos (tradição religiosa que se mantém viva apenas no distrito).

    Para conhecer melhor Santo Antônio do Salto, o visitante pode ir antes do Festival e ser
    acolhido com as belas pousadas e a simpatia da população local. Mas, quem só quiser
    prestigiar o evento e se deliciar com as guloseimas, que vão desde o café da manhã aos pratos
    típicos e tradicionais, pode ficar tranquilo, pois haverá ônibus saindo às 8h30 com retorno às
    18 horas.

    Confira programa para 2019:
    08h: Abertura da barraca de Café da Fazenda;
    09h: Abertura das barracas de Doces e Bebidas;
    10h: Santa Missa na Igreja de Santo Antônio;
    11h: Abertura oficial – Show com Daniel Marcos – Violão e Voz (início da comercialização dos
    pratos de comidas típicas);
    13h: Apresentação da Quadrilha de Acaiaca – MG;
    13h30: Apresentação da Escola Municipal Aleijadinho, Congado, Charola de Nosso Senhor
    Passos e Sociedade Musical 13 de Junho;
    15h: Resultado e premiação do concurso e Show com Leo Caballero e Banda;
    19h: Show de encerramento com a banda Sereno.

    Sobre o distrito:
    Santo Antônio do Salto é um distrito muito conhecido por suas matas quase intocadas e
    cachoeiras com grandes quedas, por estar situado em uma região a 800 metros de altitude,
    num rebaixamento da Serra de Lavras Novas que o circunda. O distrito também é famoso por sua culinária típica, repleta pratos feitos pelas quitandeiras locais com ingredientes bem mineiros, como a cuca de banana, o bolo de fubá com rapadura, o frango com ora-pro-nobis, as receitas com umbigo de banana, entre outras produções gastronômicas. Essas receitas passadas de geração em geração deram origem ao Festival de
    Cultura e Culinária Típica de Santo Antônio do Salto.

    Além disso, uma característica marcante no local é sua religiosidade. A festa do santo
    padroeiro, Santo Antônio, celebrada em 13 de junho, se transforma em uma grande festa
    junina com participação de toda a comunidade e grande número de visitantes. Outro festejo
    religioso acontece na localidade próxima chamada Fundão do Cintra, que possui uma capela
    datada do final do século XIX, a Capela de Nossa Senhora dos Remédios, elemento
    fundamental da Festa de Nossa Senhora dos Remédios e Santo Antônio do Fundão do Cintra,
    celebrada em agosto, e que em 2019 completa 10 anos do registro como patrimônio imaterial
    de Ouro Preto.

    O distrito de Santo Antônio do Salto está localizado a cerca de 35 Km de Ouro Preto. Segundo
    a tradição oral, o local foi assim nomeado em razão de ser o último lugar onde se saltava o rio
    em direção à Fazenda das Bandeiras, para Piranga ou Catas Altas. Outra razão seria a altura do
    salto da principal queda d´água, a chamada Cachoeira do Rapel, com mais de 200 m de queda.

    A origem do povoado se deu no século XVIII com a Fazenda do Salto que minerava e também
    tinha plantações na região. Nessa fazenda havia uma ermida dedicada a Santo Antônio, que
    deu lugar a atual capela, hoje centro do distrito. Após inúmeras reformas, em 1938 a capela
    tomou a forma atual.

    Fonte: Prefeitura de Santo Antônio do Salto