Você pagou 19 mil por confraternização de vereadores e funcionários da Câmara de Mariana

    A festa é sua, a conta é nossa ! O pedido da festa partiu dos vereadores , de todos.

    Em vários locais de trabalho as pessoas, funcionários fazem a famosa vaquinha para bancar a festa de confraternização de final de ano !

    Fazem festa com dinheiro deles ! Certíssimo !

    Agora porque nós que pagamos impostos temos que bancar R$ 19.690,00 reais para confraternização dos vereadores e funcionários ?

    Já que é a Casa de Leis deveriam fazer uma lei que impedisse que a Câmara gaste dinheiro para fazer festa para os vereadores e funcionários.

    Quer festejar ? Beber ? Comer churrasco ?Então pague do próprio bolso.

    Vereador e funcionários não precisam gastar R$ 19.690,00 para gastar com festas. Desrespeito com dinheiro público. È a minha opinião apenas. E tenho direito de escrever a verdade . Pagar a festa é legal, não há nada de errado nisso. Mas que fica feio fica. Confraternizar com dinheiro público.

    Publicação está no Monumento dia 22 de dezembro de 2021

    Leia: https://www.mariana.mg.gov.br/uploads/prefeitura_mariana_2018/diario_oficial_pmm/o_monumento_n_1943_22-12-2021.pdf

    Ressaltamos que o pedido da festa de confraternização partiu doe todos vereadores para juntos celebrar com os 180 funcionários e demais membros da equipe da Câmara . O rito de contratação dos serviços de buffet seguiu todos padrões da normalidade e legalidade.

    OPINIÃO : O que está questionado nesta reportagem é apenas se é necessário gastar verba pública com esse tipo de evento. Não há nada de ilegal na realização desta confraternização, apenas que quem paga é o contribuinte.

    Ou seja, estamos falando da destinação de impostos.

    O jornal O ESPETO tem um grande carinho e respeito por todos vereadores, de Mariana e região, nunca negamos espaço a eles e por nossa filosofia de trabalho sempre buscamos fazer o melhor, nos afastando da politicagem para discutir política. Inclusive a atual Câmara de Mariana tem dados amostras desse bom comportamento, ao fazer por exemplo a CPI.

    Mas não posso de eximir de discordar da decisão de gastar verba pública oriunda de impostos com festas para funcionários públicos e agentes políticos. Apenas isso . A presente matéria é apenas uma opinião sobre a destinação dos impostos .