Operação conjunta apreende quatro veículos e oito pessoas em Mariana

    Por Marcella Pontes
    Na noite de hoje (18), uma ação conjunta entre a Guarda Civil Municipal e a Polícia Civil, apreendeu quatro caminhões, uma máquina retroescavadeira, um carro, rádios comunicadores e oito pessoas foram conduzidas à Delegacia de Polícia por prática ilegal de extração de minério na região conhecida como Cascalheira, pertencente ao distrito de Camargos, em Mariana (MG).

    Para receber notícias no seu WhatsApp clique aqui

    E para receber notícias da nossa página no Facebook

    Se inscreva no nosso canal do you tube para receber nossas reportagens, clique aqui


    Os furtos e crimes ambientais, que vinham acontecendo na localidade, geraram um grande número de denúncias e reclamações vindas da população, além dos grandes prejuízos causados às estradas, que passavam constantemente por manutenções, a fim de melhorar o seu acesso.
    A área pertencente ao município já havia sido cercada, mas os crimes permaneceram. A Prefeitura coloca a Patrulha em ação diuturnamente, porém, como os furtos aconteciam durante a noite, os infratores roubavam a cerca e continuavam com as suas atividades criminosas. Tais indivíduos, pelo que tudo indica, são experientes na prática de infração e estavam monitorando a segurança do município, uma vez que, quando os agentes chegaram, nenhum veículo foi encontrado na Cascalheira e sim na sua via de acesso.
    De acordo com o Dr. Cristiano Castelucci, Delegado de Polícia Civil de Mariana, os infratores das cidades de Sete Lagoas, Belo Horizonte e Contagem foram enquadrados no Art. 55, da Lei de Crimes Ambientais, e os equipamentos permanecerão apreendidos até o final do processo. Além disso, ressaltou que “essa ação conjunta, entre a Guarda Municipal e a Polícia Civil, visa coibir práticas criminosas como essa. Outras ações estão programadas para um futuro próximo, a fim de evitar esse tipo de infração”.
    A partir de agora, o município intensifica as ações de fiscalização e ressalta que todas as ações relacionadas a mineração devem ser praticadas dentro da legalidade, sem medir esforços para que os moradores e a cidade não sofram com os impactos, extremamente nocivos ao meio ambiente.
    Foto: Lívia Maria — Prefeitura de Mariana.