Seminário orientativo sobre barragens

    A Prefeitura de Itabirito participou na última segunda-feira, dia 6 de junho, de seminário orientativo sobre barragens. O evento, com o intuito de apresentar os procedimentos de segurança previstos no Plano de Ação de Emergência para Barragens de Mineração (PAEBM) da Barragem Paciência, ocorreu na unidade da empresa Jaguar Mining, no distrito de Acuruí.

    A barragem está fora de operação desde 2012 e encontra-se estável, sem risco de rompimento. Durante o evento foi apresentada a estrutura na localidade, além das rotas de fuga, área da mancha e detalhes sobre os trabalhos de monitoramento e inspeção da barragem.

    Para receber notícias no seu WhatsApp clique aqui

    E para receber notícias da nossa página no Facebook

    Se inscreva no nosso canal do you tube para receber nossas reportagens, clique aqui

    “Esse tipo de seminário é muito importante a fim de tirar dúvidas a respeito da
    estabilidade da barragem que, no momento, encontra-se segura, no estágio zero na classificação de risco. Mesmo neste estágio de segurança é importante deixar a população da região orientada e preparada em caso de incidentes. Foi uma noite muito proveitosa, na qual conseguimos obter informações de relevância”, destaca o prefeito de Itabirito, Orlando Caldeira.

    Participação de autoridades municipais

    O seminário contou com a participação de autoridades municipais, representantes da Defesa Civil Municipal e Estadual, da Polícia Militar, da comunidade de Acuruí e do condomínio Lago de Acuruí.

    “O seminário foi muito relevante para orientar os moradores de Acuruí. Ainda que a barragem não esteja em nenhum nível de emergência, a legislação determina que o

    empreendedor tome todas as medidas de segurança”, destaca o Defesa Civil Municipal, Felipe Delabrida.

    coordenador da

    O seminário orientativo tem caráter preventivo e está previsto na legislação de
    segurança de barragens, mais especificamente na Resolução nº 95/2022, da Agência Nacional de Mineração – ANM, no Decreto Estadual nº 48.078/2020 e na Instrução Técnica nº 01/2021, da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil – CEDEC/MG.