Foram prorrogadas as inscrições para o I Seminário sobre Acolhimento em Família Acolhedora da Região dos Inconfidentes

    Por Evelin Almeida 

    Foram prorrogadas as inscrições para o I Seminário sobre Acolhimento em Família Acolhedora da Região dos Inconfidentes até o dia 23 de setembro! Os interessados em participar devem realizar a inscrição disponível AQUI. O Seminário é uma  realização da Prefeitura de Mariana, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania, e acontecerá no dia 04 de outubro, no Cineteatro Municipal, das 8h às 17h. Você é nosso convidado, não deixe de participar!

    Para receber notícias no seu WhatsApp clique aqui
    E para receber notícias da nossa página no Facebook
    Se inscreva no nosso canal do you tube para receber nossas reportagens, clique aqui

    A ação é promovida pelo Serviço de Acolhimento em Família Acolhedora e objetiva divulgar e informar sobre o Serviço e seu funcionamento no município, esclarecer dúvidas sobre o acolhimento e as diferenças entre o acolhimento institucional, o apadrinhamento afetivo e a adoção, bem como incentivar e sensibilizar as famílias de forma que se interessem pelo acolhimento familiar.

    A programação do Seminário, que aconteceria em março de 2020, foi adiada devido a pandemia do Covid-19 e agora volta com data marcada para o próximo mês. Passados dois anos de muita espera, na terça-feira (04) os participantes poderão sanar suas dúvidas e se informarem a respeito do Serviço. Pensando em um espaço inclusivo, o evento também contará com cinco lugares para cadeirantes! 

    SOBRE O FAMÍLIA ACOLHEDORA

    O Serviço de Acolhimento em Família Acolhedora tem por base o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Ser uma família acolhedora é parte de uma política pública que tem como princípio a proteção e cuidado de crianças e adolescentes que foram retirados de suas famílias de origem, por decisão judicial, em virtude de situação de risco e de violação grave de seus direitos. O acolhimento é feito em um lar familiar por tempo provisório, a fim de permitir boas condições à criança ou ao adolescente até que ele possa retornar à sua família de origem ou, caso não seja possível, ser encaminhado para a adoção. 

    PARA ESSAS E MAIS INFORMAÇÕES:


    Prefeitura de Mariana